Página inicial
Página inicial
Página inicial
FacebookTwitterRSSRSS
Anipédia
  Blood-C
    - BloodxCLAMP
+ Informação:
Tipo: Série
Total de Episódios: 12
Ano: 2011
Gênero: Ação, Drama, Sobrenatural, Horror, Violência
Site: http://www.blood-c.jp/
Abertura: Spiral por DUSTZ
Encerramento: Junketsu Paradox por Nana Mizuki
Postado por: Malkav
Nota: 8.5 Total de votos: 14
Sinopse
Blood-C, é uma série de mangá/anime de 2011 e um Movie de 2012. Esta é uma série que a Production IG fez seguindo a franquia Blood criada pelo mundialmente famoso Mamoru Oshii (Tenshi no Tamago / Ani-Kuri 15 / Dallos / Ghost in the Shell / Halo Legends / Jin-Roh - The Wolf Brigade / Musashi: The Dream of the Last Samurai / Patlabor / The Sky Crawlers / Urusei Yatsura), relacionada com Blood+, primeiro que foi ao ar em 2005-2006.

A série foi anunciada em maio 2011 pela revista Shounen Ace onde foi revelado, seria uma colaboração entre o estúdio Production IG e CLAMP, onde a CLAMP estará criando a história e os character design, enquanto Production IG lidará com o animação.

A série foi distribuída pela Aniplex e dirigida por Tsutomu Mizushima com Junichi Fujisaku, que já trabalhou em Blood: The Last Vampire e Blood+, como seu supervisor criativo.

Nanase Ohkawa supervisionou os scripts e co-escreveu com Fujisaku enquanto Kazuchika Kise adaptou o projeto ao character design CLAMP para animação e Naoki Sato compoz a música. O tema de abertura é "Spiral" tocada pela banda de Ray Fujita DUSTZ. A série começou a ser transmitida em 08 de julho de 2011 no MBS e TBS.

Saya Kisaragi é uma estudante normal, com uma vida normal e com colegas normais. Ao menos é o que parecia até sua escola começar a ser ameaçada por seres sobrenaturais conhecidos como Furukimono, basicamente vampiros que se alimentam de seres humanos. Saya recebe a missão de empunhar sua lâmina e a responsabilidade de proteger sua cidade, sua escola, seus amigos e sua própria vida da perigosa ameaça desconhecida.


Fansubs

AnimesOnigiri
Avalon
Clow Fansub
Evil-Fansubber
Levantine Fansub

Wing Egg

Eu curto!
            
Estou louco querendo assitir esta série!! Eu não gostei de Blood+, mas tenho grandes espectativas por Blood-C, mesmo pork história e desing de personagens são CLAMP!! Estou só aguardando outro suber legendar, já que não verei por alquele outro!!
   Por: Malkav em 02 de Julho de 2011 às 18:10:17 Nota: 10

O primeiro eps foi muito top, mas ainda não deixarei uma nota, tenho que conferir mais um pouco! Mas se for caminhando assim, com certeza será 10!!
   Por: Malkav em 04 de Julho de 2011 às 13:56:12 Nota: 10

Melhor que [C] pelo menos
   Por: alextorghelle em 10 de Julho de 2011 às 12:38:09 Nota: 8

Eu estou adorando Blood-C me apaixonei de cara pela protagonista além de fofa ela é poderosa .

Eu sempre gostei de animes com vampiros mas concerteza mas com certeza essa vai ser uma das minhas séries favoritas
   Por: kyony em 05 de Agosto de 2011 às 06:58:39 Nota: 8

Pronto, Blood-C já ganhou minha nota 10!! Que venha o Movie agora!!
   Por: Malkav em 17 de Setembro de 2011 às 14:16:09 Nota: 10

foi a serie com melhor final da temporada , começa com misterio , tranquilidade em certos pontos e acaba de forma fria , sanguinaria e surpreendente , quero muito ver o movie e a versão sem censura
   Por: ronyrow em 24 de Dezembro de 2011 às 04:10:00 Nota: 10




Foram feitas duas entrevistas pelo site Anime News Network com duas pessoas muito importantes no desenvolvimento de Blood-C: Tsutomu Mizushima e Junichi Fujisaku. Confiram as entrevistas traduzidas abaixo!

Fonte: Anime News Network

Tradução: EN-PTbr – SyaoranSama.

Entrevista com Tsutomu Mizushima, diretor de Blood-C


ANN: Este projeto é definido pela presence do CLAMP e é como a série está sendo vendida – até no título. O quanto elas se envolveram na história? Como você define o impacto do CLAMP naquilo que a série é?

Tsutomu Mizushima: Eu posso dizer com certeza absoluta que Blood-C é um projeto com bastante tempero do CLAMP de muitas formas diferentes – tanto de história quanto de visual, começando com os character designs. A sensibilidade e estilo do CLAMP permeiam pela série inteira de todas as formas possíveis.

ANN: Quanta interação criativa você teve com o CLAMP? Você descreveria isso como uma “colaboração”?

Mizushima: Eu não sei o quanto podemos chamar de “colaboração”, mas as minhas ideias foram incorporadas aqui e ali o longo da série.

ANN: Blood-C é muito diferente das encarnações anteriores da franquia – qual era o seu objetivo para esta série? Você queria que encaixasse com Blood+ e o filme original ou você queria algo totalmente diferente?

Mizushima: Blood-C sem dúvida alguma herda e continua o que foi começado em Blood: The Last Vampire. Ao mesmo tempo, parece ser bastante diferente dos seus predecessores. E não poderia ser de outro jeito, já que esse era o propósito em fazer com que o CLAMP se juntasse ao projeto.

Quanto ao meu objetivo na série de TV, eu queria criar uma história que alcança uma conclusão – mas que, ao mesmo tempo, faz uma conexão com o filme que será lançado no ano que vem.

ANN: O seu tratamento com a personagem “Saya” também é muito diferente das encarnações anteriores. O que você tinha como objetivo com esta personagem? Como você quer que a audiência a reconheça?

Mizushima: Eu quis descrever Saya como alguém com uma natureza gentil acima de qualquer outra coisa. Na verdade, eu me atrevo a dizer que os sentimentos e emoções dela são mais humanos que qualquer personagem humano que apareça na história.

ANN: Você passou a maioria da sua carreira dirigindo animes que, aparentemente, possuem foco em comédia (tais como Shinryaku!? Ika Musume, Genshiken, Bokusatsu Tenshi Dokuro-chan e uma quantidade considerável de trabalho em Crayon Shin-chan), por isso Blood-C parece ser uma partida para você, de certa forma. Você concorda com isso? Quais desafios você encarou nesta série?

Mizushima: Acho que a maioria dos trabalhos que dirigi até agora serem comédias é apenas uma mera coincidência. Simplesmente aconteceu assim. Portanto, eu não trato Blood-C como uma “partida”. Mas, uma vez que é relacionado com uma franquia famosa e é uma colaboração com o CLAMP, eu sinto muita pressão com certeza. Isso faz com que seja um grande desafio, eu acho.

ANN: Pelos primeiros cinco episódios de Blood-C, vocês parecem estar guardando “as suas cartas na manga” – nós sabemos bem pouco da história até este ponto. Para uma série de 12 episódios, isso é incomum. Neste momento, vocês estão se focando nas cenas de luta querendo ligar os pontos da história mais tarde?

Mizushima: Pela primeira metade da série, eu me foquei na descrição da situações do dia-a-dia. Esses mesmos detalhes do dia-dia lentamente revelam seu verdadeiro significado enquanto a história progride na segunda metade. Quando você ver os últimos episódios, você vai querer voltar e assistir de novo desde o primeiro episódio.

ANN: Que temas você espera que a audiência de Blood-C tire desta série? Tem algum elemento ou conceito da história que você ache motivador, de uma forma criativa?

Mizushima: O tema que eu estou tentando transmitir com essa série é “nunca pare de acreditar em si mesmo”. Mas isso é limitado apenas à série de TV. O filme… pode ser um pouco diferente, mas eu não posso dizer muito sobre isso agora.

ANN: O que você mais esperava ao trabalhar com esta série?

Mizushima: Em Blood-C eu tive a oportunidade de trabalhar com uma staff estelar, algo impensável para uma produção normal na TV. Isso foi o que eu mais esperava e o que eu mais estou gostando enquanto fazemos a animação agora.

——————————————————————————————————————


Entrevista com Jun'ichi Fujisaku, roteirista de Blood-C


ANN: Tendo trabalhado em toda a franquia de Blood até agora, como você abordou Blood-C? Foram dadas algumas linhas gerais para você seguir quando fez o script da série? Quanta liberdade criativa você teve?

Junichi Fujisaku: A história do primeiro Blood: The Last Vampire film era absolutamente simples: tínhamos aquelas criaturas hematófogas chamadas de Chiroptera que tinham vivido nas sombras da história por eras e um garota chamada Saya que as caça. O filme deu algumas dicas de como era o mundo, mas terminou sem uma explicação reral sobre como ele era. Em Blood+ eu tive a oportunidade de expandir o mundo de Blood no período de 50 episódios de história. A história se focava em Saya mas também na Diva e nos Cavaleiros, que manipulavam a economia e as guerras (que são duas grandes forças que direcionam a nossa sociedade) tentando encontrar seu lugar neste mundo. Em Blood-C eu me perguntei o que era uma vida rotineira em um mundo onde você tem uma mulher matadora de monstros como a Saya. Então, incorporamos as ideias do CLAMP e do diretor, Tsutomu Mizushima. E conseguimos esta história descrevendo como um dia-a-dia aparentemente sem eventos se despedaça lentamente para revelar um horror além da imaginação.

ANN: Como foi colaborar com o CLAMP? Como você se preparou para trabalhar com elas nesta série?

Fujisaku: Não houve nenhuma preparação em específico, na verdade. Para começar, eu expliquei ao CLAMP o conceito que eu tinha em mente e, baseando-se nisso, CLAMP propôs ideias e desenvolvimentos. Conseguimos inventar uma história bem convincente. O resultado é a série que está no ar agora e o filme que está vindo no ano que vem. Eu já havia colaborado com o CLAMP antes (em xxxHOLiC – Manatsu no Yoru no Yume e Tsubasa Chronicle – Torikago no Kuni no Himegimi), por isso eu sabia do que elas gostavam, detestavam e como elas trabalham. Portanto, eu pude fazer uso pleno desta experiência neste projeto.

ANN: O quão ansioso que você estava para reinventar os personagens? Escrevendo sobre a Saya por anos, você ficou nervoso para refazer a personagem dela tão radicalmente quanto Blood-C faz?

Fujisaku: Eu mudo a personalidade da Saya em cada uma das encarnações dela, o que é sempre um processo legal para mim.

Saya cantando canções, sendo uma meganekko (uma garota que usa óculos) e o corte de cabelo dela são todos elementos vindos do CLAMP. Eu acho que todos esses elementos são bastante CLAMP e eu sempre gosto quando um character designer tem liberdade de expressar a sua criatividade de forma plena. Liberdade de expressão criativa como essa é sempre a melhor coisa em qualquer projeto. Ao mesmo tempo, eu sabia do grande número de diferenças entre esta Saya e as anteriores, por isso eu intencionalmente não usei o sobrenome delas (Otonashi) já que eu queria deixar claro para a audiência que estávamos lidando com duas personagens diferentes. A continuidade de “Blood” não necessariamente inclui o personagem sendo a mesma pessoa; é na essência do próprio personagem.

ANN: Quais desafios criativos você teve para escrever Blood-C?Qual foi o maior desafio para você na série?

Fujisaku: Para Blood-C, Ohkawa-san do CLAMP está cuidando da história de cada script e eu dramatizo as cenas de luta. O diálogo da Ohkawa-san é de um estilo bastante distinto, por isso eu evito qualquer intervenção que possa estragar o resultado final. Eu reviso apenas no caso de inconsistência com a montagem da história. Já que é assim que trabalhamos, o único grande “desafio” é quando os scripts chegam atrasados, se isso acontecer. Entretanto, é algo que acontece em toda produção.

ANN: Se você teve uma missão criativa para Blood-C, qual foi? O que você mais queria que saísse deste projeto?

Fujisaku: Criar uma nova Saya e apresentá-la à audiência. “Blood” é provavelmente a franquia da I.G. na qual os autores são permitidos a ter a maior liberdade criativa, por isso eu estava ansioso para expandir o potencial do conceito original que fizemos há mais de 10 anos atrás.

ANN: Pensando na franquia como um todo, tem alguma mudança que você gostaria de fazer? Alguma coisa que você, ao olhar para trás, você pudesse mexer, mesmo que fosse um detalhe pessoal? Além disso, quais foram os seus momentos de maior orgulho? Quais foram os projetos mais satisfatórios na franquia com os quais você trabalhou?

Fujisaku: Eu acredito que tanto Blood: The Last Vampire quanto Blood+ são os melhores resultados possíveis que poderiam ser alcançados nas circunstâncias que eles foram criados, então eu estou feliz com eles. Independente disso, eu acho que criar novos projetos de “Blood” é bem mais divertido que voltar atrás e revisar os antigos.

Indo para a segunda metade da sua questão, não tenho certeza sobre “momentos de orgulho”, mas eu estou sempre feliz quando os fãs dizem “Eu gosteu daquela cena” ou “Eu amei aquele personagem”. É algo pequeno, mas é uma grande fonte de felicidade para todos os criadores, eu acho.

ANN: Se você fosse trabalhar em um outro projeto da franquia Blood, qual seria o seu projeto dos sonhos? Aonde você gostaria que a série fosse?

Fujisaku: Até agora todos os capítulos da saga de “Blood” estiveram conectados ao passado de alguma forma, por isso eu gostaria de criar uma história sobre Saya no futuro. Esta também é a parte difícil porque eu tenho plena confiança que eu consigo escrever algo que já aconteceu na história, mas eu preciso imaginar o futuro do zero. Seria divertido expandir os projetos de “Blood” anteriores com histórias relacionadas já que há um potencial tremendo ali.

Fonte : Wing Egg Fansub : http://wingegg.blanchatre.net/
.
   Por: Malkav em 06 de Setembro de 2011 às 20:26:41


Episódios : 12 ou 26
Criador Original : Mamoru Oshii
Diretor : Tsutomu Mizushima
Música : Naoki Sato
Original Character Design : CLAMP
Duração : 24 min
Estúdio : Production I.G

Keiji Fujiwara as Tadayoshi Kisaragi
Kenji Nojima as Fumito Nanahara
Nana Mizuki as Saya Kisaragi
Atsushi Abe as Itsuki Tomofusa
Masumi Asano as Yūka Amino
Miho Miyagawa as Kanako Tsutsutori
Misato Fukuen as Nene Motoe/Nono Motoe
Tatsuhisa Suzuki as Shinichirō Tokizane
Fansub
Status
Último
Data
Coments
Clow Fansub
Concluido
01-12
14/8/2012
0
AnimesOnigiri
Andamento
01
09/7/2011
1
Avalon
Concluido
11 - 12
30/7/2012
0
Clow Fansub
Concluido
01-12
14/8/2012
0
Evil-Fansubber
Andamento
02
26/7/2011
0
Levantine Fansub
Concluido
12 - Final
09/7/2012
0
Andamento
01V2
09/7/2011
0
Wing Egg
Concluido
17
23/3/2014
0
Animes Plus
Enquete

Loading...

Status
Temos no total de 5018 usuários e 285 fansubs cadastrados com 27086 releases e 5157 comentários.

79 visitantes e 2 membros online
WizardHsc, Aria Shachou.



Anime Fansub Brasil - http://www.afbr.org/ -
Contato - Hospedado por: LOLHOST